sábado, 27 de maio de 2017

Instalando a interface do Arch Linux


INSTALANDO UMA INTERFACE GRÁFICA NO ARCH LINUX


Agora que já instalamos o pacote básico do Arch Linux chegou a hora de instalarmos uma interface gráfica para facilitar a nossa interação com o sistema, existem várias interfaces gráficas que você pode instalar no seu Arch Linux, uma lista completa dessas GUI’s pode ser consultada nesse endereço abaixo.
Você pode escolher a interface que mais lhe agradar e instalar em seu computador, nesse tutorial eu instalarei o LXDE gtk+ 3 por ser uma interface que não requer muitos recursos de hardware já que estou instalando o Arch Linux em uma máquina bem antiga. Seja qual for a interface gráfica que você escolha, você terá que instalar o servidor X na sua máquina antes de instalar a interface escolhida.
O servidor X ou X11, é um protocolo de rede e vídeo que proporciona a capacidade de se trabalhar com o sistema de janelas em um computador com o sistema Linux, além disso, o servidor X também permite a interação de mouse e teclado com o sistema, sendo imprescindível para o desenvolvimento de interfaces gráficas para usuários, as famosas GUI’s.
O conceito básico de servidor X, como o próprio nome diz, é que ele é realmente um servidor que serve ao sistema de janelas do Linux, é a fundação que sustenta todo o sistema de janelas do Linux, portanto antes de instalarmos qualquer interface temos que instalar o servidor X.
Para instalarmos o servidor X temos que instalar alguns pacotes básicos digitando no nosso “terminal”.
sudo pacman -S xorg-server xorg-xinit xorg-apps mesa ttf-dejavu ttf-freefont networkmanager network-manager-applet rp-pppoe
Lembrando que cada espaço depois de um pacote digitado estamos instalando outro pacote, no comando acima estamos instalando nove pacotes, onde os três primeiros são os pacotes do servidor X e o restante são pacotes de fontes, vídeo e gerenciador de redes, digitado o comando teclamos enter e esperamos o sistema instalar os pacotes, teclando enter quando for preciso.
Quando a instalação estiver terminada, devemos habilitar o serviço de rede para iniciar com o sistema digitando.
sudo systemctl enable NetworkManager.service
Teclamos enter e está pronto.
Agora devemos copiar o arquivo xinitrc para a nossa pasta pessoal, vamos editar esse arquivo para iniciar a nossa interface assim que ela estiver instalada, para copiar o arquivo digite:
cp /etc/X11/xinit/xinitrc ~/.xinitrc
Você pode ver se o arquivo foi copiado com o comando ls -a.
Agora devemos instalar o driver de nossa placa de vídeo para que o sistema de janelas seja visto no nosso monitor, você pode instalar o driver de vídeo genérico digitando.
sudo pacman -S xf86-video-vesa
Caso você queira instalar o driver de vídeo de sua placa, você deve primeiro saber qual é a sua placa, para saber qual a sua placa de vídeo você pode digitar um dos seguintes comandos:
lspci | grep -e VGA -e 3D ou lswh ou lswh -c video
No meu computador funcionou o primeiro dos comandos
lspci | grep -e VGA -e 3D
Feito isso você terá o nome de sua placa de video, bastando agora encontrar o driver de vídeo para instalar, para ver uma lista de drivers de vídeo disponíveis para instalação no Arch Linux digite:
sudo pacman -Ss xf86-video
Com a lista disponível no seu monitor procure o driver de vídeo correspondente à sua placa e instale com o comando:
sudo pacman -S xf86-video-(nome do driver de sua placa)
Para que o seu sistema funcione corretamente com a sua nova interface, é necessário instalar alguns pacotes de headers para o kernel do Arch Linux, dgite.
sudo pacman -S linux-headers linux-lts-headers linux-lts
Agora chegou a hora de instalar a nossa interface gráfica, como eu disse antes, vou instalar o LXDE gtk+ 3, para isso vamos digitar…
sudo pacman -S lxde-gtk3
Esperamos a instalação terminar e agora chegou o memento de editar o arquivo que copiamos para nossa pasta pessoal, para isso digitamos como administrador…
sudo nano .xinitrc
Depois que digitarmos a nossa senha o nano abrirá o arquivo para que possamos editá-lo, comentamos a última linha com um “#” e adicionamos a seguinte linha abaixo.
exec startlxde
Podemos testar se a interface está funcionando digitando…
startx
Se tudo correu bem você verá a sua interface funcionando, caso isso não ocorra, verifique se você executou os passos anteriores da forma correta.
Para habilitar o gerenciador de login gráfico para que inicie com o sistema você deve escolher um da lista de gerenciadores de login que está disponível na wiki do Arch, por padrão o gerenciador de login do LXDE é o lxdm e eu habilitei ele para ser o meu gerenciador de login, mas caso você queira instalar outro segue o link para a lista do archwiki e lá você também encontrará instruções para instalar e iniciar.
Para habilitar o lxdm digite…
sudo systemctl enable lxdm.service
Reinicie a sua máquina e verifique se sua instalação foi bem sucedida, logue-se e seja feliz com o seu Arch Linux.
Caso surja alguma dúvida veja o vídeo que eu fiz durante a instalação do LXDE que você pode encontrar no link abaixo:
Espero que esse tutorial lhes seja útil, caso seja, por favor compartilhe com seus amigos, inscreva-se em nosso blog e no nosso canal para que possamos continuar compartilhando conhecimentos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, diga se gostou, se lhe foi útil ou em que posso melhorar.