sábado, 6 de maio de 2017

Samba nos Mints Sarah e Serena 18 e 18.1


INSTALANDO O SAMBA NO LINUX MINT 18 E 18.1


O servidor samba permite que você configure uma rede doméstica mista em seu computador, uma rede domestica mista é uma rede configurada em um servidor cujo sistema operacional é o Linux onde você compartilha pastas e impressoras e essa rede pode ser acessada por dispositivos que usam os mais diversos sistemas, como por exemplo: computadores com Windows, celulares e tablets com Android e etc.

O samba vinha por padrão no Ubuntu e em algumas distribuições do Linux Mint, quando eu instalei o Mint 18 e depois o 18.1 o samba já não fazia mais parte da instalação padrão, nós podemos instalar o samba digitando o comando no nosso terminal.

sudo apt-get install samba

digite sua senha e depois tecle enter, quando o sistema terminar de instalar o samba é hora de instalar a interface gráfica para o samba com o comando.

sudo apt-get install system-config-samba

Espere o sistema terminar de instalar a interface do samba, tudo instalado, quando você executa o samba pela interface no Linux Mint 18 e 18.1 nada acontece, nem aparece mensagem de erro, a solução que eu encontrei foi o que eu vou passar aqui agora.

 Abra seu terminal e digite.
 
sudo system-config-samba e tecle enter

 O sistema não vai abrir o samba, mas desta vez ele nos dá uma mensagem de erro, nessa mensagem, já próxima da última linha, uma pista do que está acontecendo, o sistema diz que não encontrou o arquivo /etc/libuser.conf, ou seja, o samba não está abrindo por falta desse arquivo, então vamos criá-lo digitando no terminal o seguinte comando.

sudo nano /etc/libuser.conf

Esse comando chama o editor de texto em modo terminal “nano” e cria o arquivo libuser.conf na pasta /etc, esse comando tem que ser dado como super usuário porque o sistema não permite que um usuário comum crie nada na pasta raiz.

Com o editor nano aberto você não escreve nada no arquivo, simplesmente o salva teclando simultaneamente Ctrl + o (letra “o” não é zero), depois tecla enter para confirmar que o nome do arquivo é esse mesmo e por fim sai do nano teclando Ctrl + x.

Agora vamos chamar novamente o samba digitando no terminal
 
sudo system-config-samba

Agora a janelinha do samba aparece.
Para quem tiver alguma dúvida e ainda não sabe configurar a rede no samba, eu fiz um tutorial bem detalhado que você pode ver visitando o link abaixo:

Espero que seja útil para você, se for inscreva-se no nosso blog e no nosso canal, compartilhe as nossas publicações que isso nos incentiva a continuar o nosso trabalho de compartilhar o nosso conhecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, diga se gostou, se lhe foi útil ou em que posso melhorar.